Ksar Sghir (Alcácer-Ceguer), Histórico castelo português na praia

Ksar Sghir, Castelo Português na Praia no Norte de Marrocos
Ksar Sghir, Castelo Português na Praia no Norte de Marrocos

Ksar Sghir (Alcácer-Ceguer) – Marrocos

Ksar Sghir, ou Alcácer-Ceguer em português é uma pequena aldeia marroquina na costa mediterrânica. Situada na estrada que liga Tânger a Ceuta, ainda hoje é considerado um ponto geográfico estratégico pois encontra-se no centro dos projectos de desenvolvimento do Norte de Marrocos, como é o caso do projecto do porto de Tanger-Med.

O seu papel estratégico ao longo da história também é bem conhecido e estende-se a vários níveis, especialmente nos planos militar, comercial marítimo e político. A sua importância remonta ao séc. XI, altura em que era utilizada como fortaleza militar pelos Almoravides e servia de local de embarque das tropas muçulmanas com destino a Espanha. Em 1458, a praça é conquistada pelos portugueses. Este domínio durou 80 anos, período em que os portugueses construíram uma igreja e uma prisão.

Ksar Sghir - Alcácer-Ceguer, pequena aldeia marroquina na costa mediterrânica
Ksar Sghir – Alcácer-Ceguer, pequena aldeia marroquina na costa mediterrânica

Cada vez que passava em Tânger pensava sempre em visitar Ksar Sghir, mas nunca dava jeito. Geralmente não paro muito nesta zona, só conheço a zona de Tânger de passagem. Mas numa das viagens de regresso de Portugal em que vinha acompanhada por um amigo que veio passar umas férias a Marrocos decidimos que, apesar do cansaço ser muito, pois tínhamos viajado a noite toda, íamos visitar Ksar Sghir assim que chegássemos a Marrocos. Ainda bem que o fiz, valeu a pena, não só pelo ponto de vista histórico, mas por estar também a ver uma herança deixada pelos portugueses num país estrangeiro. Para além disso, as paisagens são lindíssimas.

Eram cerca das 9 da manhã quando chegámos à vila de Ksar Sghir. Para chegarmos à aldeia fortificada perto da praia tivemos que passar por um bairro residencial e depois por umas estradas de terra um bocado esburacadas e cheias de água, porque era Inverno e estava a chover. Chegámos a pensar que estávamos enganados, mas não. Ao fundo da rua havia uma praceta rodeada por cafés de praia e a entrada para a aldeia, mas os portões de acesso às ruínas estavam fechados. Estavam a decorrer obras de conservação, caminhos e circuitos de visita e um café. Ao lado do portão grande havia uma porta. Olhámos à volta e, como não vimos ninguém, entrámos.

Castelo de Alcácer-Ceguer no norte de Marrocos
Castelo de Alcácer-Ceguer no norte de Marrocos

Claro que ao fim de uns minutos apareceu o guarda do local a dizer que não podíamos andar ali, o local estava fechado ao público. Dissemos ao guarda que tínhamos viajado a noite toda e que estávamos a caminho de Marraquexe, mas que éramos portugueses e gostávamos de visitar o castelo na praia. Depois de conversarmos um bocadinho, ele lá cedeu. Durante meia hora – juntamente com as vaquinhas que ali pastavam – pudemos visitar esta cidade fortificada que é conhecida por representar um modelo urbano único do urbanismo medieval marroquino.

Em Ksar Sghir ainda é possível ter ideia dos contributos portugueses, seja na igreja ou na Porta do Mar (esta última, uma construção na praia que era a entrada na praça).

Agencia de Viagens em Marrocos