Como Comprar um Tapete em Marrocos

Saber como comprar um tapete em Marrocos é relativamente fácil. Não é ciência nenhuma comprar um tapete aqui ou em qualquer lugar do mundo. Mas, como as lojas de tapetes em Marrocos funcionam de forma diferente daquelas da maioria dos países ocidentais, há algumas dicas que devemos ter em conta. Aconteça o que acontecer, aproveite o espetáculo. Não está apenas a comprar um tapete, está a assistir a todo um ritual.

Como Comprar um Tapete em Marrocos

Há experiências que contamos ter quando visitamos certos lugares: comer chocolate na Bélgica ou na Suíça, entrar num pub no Reino Unido,… Numa viagem a Marrocos podemos contar com uma visita a uma loja de tapetes dum souk e, provavelmente, comprar um. Isto é válido para muitas cidades em Marrocos e ainda mais em Marrakech.

Um conselho que lhe posso dar se considera a hipótese de comprar um tapete é que, antes de sair de casa, veja quais as cores e as dimensões que lhe poderão interessar. Assim evita apaixonar-se por um tapete em Marrocos, comprá-lo e depois chegar à conclusão que, embora seja lindo, não serve para a sua sala ou quarto. Outra coisa muito importante é definir quanto dinheiro quer gastar. Vão-lhe mostrar tapetes de todos os preços. Tenha em conta que vai regatear mas não ultrapasse o seu orçamento.

Comprar um Tapete em Marrocos – a experiência na loja

Não vai acontecer em todas as lojas de todas as povoações de Marrocos mas nas grandes cidades é muito provável que encontre um vendedor que, para além do Árabe e do Francês, fale também Inglês, Espanhol ou mesmo um pouco de Português.

Uma vez que esteja dentro da loja, o vendedor vai chamar rapazes para disporem uma série de tapetes no chão. A partir da sua reação e dos seus comentários, vão chegando novos tapetes para estarem cada vez mais ao seu gosto. Depois de já estarem desenrolados alguns (ou bastantes) tapetes, vão-lhe oferecer um chá de menta para beber enquanto se conversa acerca dos artigos.

Nesta altura, normalmente, o vendedor começa um processo tipo “este ou aquele”. O tapete preferido fica, o outro é guardado novamente. Isto vai sendo repetido até ter na sua frente um ou dois. É aqui que começa a negociação. Faz parte da cultura marroquina que haja um regatear até ao preço final.

À partida, é normal que se ofereça metade do preço pedido pelo vendedor. Mesmo que ele se diga ofendido, não se preocupe. Faz parte do “folclore” ou do “jogo”, como lhe queira chamar. Não se esqueça do orçamento que definiu antes de partir para Marrocos. À medida que a negociação avança, cada um vai mudando o seu preço. O vendedor baixa, você terá que subir. Se, durante a negociação, se tornar óbvio que o preço do tapete (ou dos tapetes) for demasiado alto para si, diga isso ao vendedor. Ele vai querer vender-lhe algum, de certeza. O que podem fazer é diminuir o número de tapetes em causa ou as dimensões.

Em qualquer altura, se assim decidir, pode mudar de ideias e voltar a ver algum dos tapetes que rejeitou anteriormente. Lembre-se, até começar a negociar o preço, não se comprometeu a fazer qualquer compra. Não pergunte o preço de um tapete se não está a pensar comprá-lo. Mas assim que começar a regatear será subentendido que pretende negociar de boa-fé até chegar a um preço com que ambas as partes se sintam confortáveis.

Como Comprar um Tapete em Marrocos

Divirta-se com todo o processo. Está em Marrocos. Aceite e viva a cultura. Quase todos os vendedores de tapetes das zonas mais turísticas são reputados e têm um negócio legítimo. Se preferir, peça a alguém que conheça para regatear por si se for melhor negociador. Se tiver mesmo a intenção de comprar um tapete em Marrocos antes de sair de casa, faça uma pesquisa online e veja o que as pessoas dizem. Ou, então, informe-se já em Marrocos com alguém em quem tenha alguma confiança.

Escolher um Tapete em Marrocos – a qualidade

A maior questão a ter em conta na compra do seu tapete marroquino, a seguir ao preço, é a sua qualidade. ninguém gosta de pagar mais por um artigo de baixa qualidade. Só porque gosta do tapete e ele está dentro do seu orçamento, não quer dizer que seja o certo para si.

Não vai ficar especialista em tapetes assim de repente. Contudo, há alguns pontos importantes que pode aprender. Há, basicamente, três tipos de tapetes que pode comprar.

  1. Feitos de seda com bandas de diferentes cores
  2. Kilims – feitos de algodão e seda com os diversos padrões unidos
  3. Carpetes/Tapetes de lã (ou seda e lã) em que cada padrão foi feito individualmente, ponto por ponto

Os preços dos tapetes que descrevo acima vão do mais barato para o mais caro. Um tapete de lã feito à mão pode demorar meses a acabar pelo artesão.

Como Comprar um Tapete em Marrocos

A qualidade geral do tapete (e o seu preço) sobe mediante estes fatores: maior aperto dos pontos e sua maior densidade por metro quadrado, complexidade dos desenhos ou padrões, percentagem de lã utilizada e sua qualidade (quanto mais suave, melhor).

Um outro fator a ter em conta é a tinta utilizada. Se for natural torna o tapete mais “autêntico” mas pode ir desaparecendo com o tempo. Se a tinta for sintética, o tapete poderá ter mais cores e manter a sua vivacidade durante mais tempo.

Quanto estiver a ver o tapete que gostaria de comprar, verifique a parte de trás para ver se os pontos estão apertados. Verifique também se não está tudo demasiado perfeito. Se estiver, o seu “tapete marroquino” pode ter sido feito por uma máquina na China…

Pagar o tapete e levá-lo para casa

Depois de acordado o preço a pagar, é comum que lhe seja também pedido algum dinheiro para os rapazes que desdobraram os tapetes no chão. 100 Dihram (cerca de 10 Euros) pode ser um ponto de partida mas também poderá negociar este valor um pouco. Se foi levado à loja pelo seu guia e ele o espera à porta na saída, é igualmente esperada uma gorjeta.

Agora que já comprou o seu tapete vai ter que o levar para casa. Pode transportá-lo no avião desde Marrocos (ou no seu carro, se for o caso) ou enviá-lo para casa através do próprio vendedor (que terá agentes que farão o trabalho se a loja tiver já uma determinada dimensão/reputação) ou usando os serviços de empresas como a DHL, que têm escritórios em todas as grandes cidades marroquinas.

Agencia de Viagens em Marrocos